III Evento Cosmos: Terra e Espaço

Frequências de saudação abertas:

VOCÊ ESTÁ CONVIDADO PARA O III Evento Cosmos: Terra e Espaço – 8/10/2011

Organizado pelo site Aumanack e pelo Grupo de Ficção Científica Alpha.
Os integrantes do Grupo Alpha / Grupo de Teatro Zona Neutra: Sílvia Reis, presidente do grupo e
Douglas Camillo-Reis, roteirista do grupo, farão palestras no evento.

III Evento Cosmos: Terra e Espaço

Nascia há 31 anos uma das séries televisivas de maior sucesso mundial, Cosmos.
Criada por Carl Sagan e sua esposa Ann Druyan, ela foi veiculada pela primeira vez em 1980 nos EUA, chegando dois anos depois ao Brasil.
O grande sucesso da série não era a ficção cientifica com suas naves espaciais ou seres alienígenas. Era o contrário. Carl Sagan conseguiu manter pessoas no mundo inteiro assistindo aos episódios de uma série que falava sobre Ciências.
Em seus episódios, pudemos conhecer um pouco mais sobre outros planetas e as estrelas, mas também sobre a vida na Terra e problemas ecológicos, em uma época que poucas pessoas falavam sobre isso.

Cosmos antecipou problemas como o efeito estufa, aquecimento global, falta de água e tantos outros que vivemos atualmente.
Carl Sagan foi um homem sempre a frente de seu tempo, uma ser humano sem medo de errar e que ensinou a gerações a ter amor pela Ciência e acima de tudo, pela própria raça humana.

Serviço:

Data: 08 de outubro de 2011

Horário: 9h00 as 18h00

Local: Estação Ciência

Evento sem fins lucrativos. Pedimos aos visitantes que levem 1 kg de alimento não perecível.

Endereço: Rua Guaicurus, 1394 – Lapa – São Paulo (Ao lado da Estação Lapa da CPTM e do Terminal de ônibus, em frente ao Shopping Center Lapa)
Entrada: Será cobrado o valor da própria Estação Ciência, R$ 4,00 (veja valor atualizado no site da Estação). Estudantes e portadores de necessidades especiais – meia entrada. Isentos: Professores (com comprovação); monitor, agente ou guia de turismo (com registro Embratur); comunidade USP (com carteirinha válida na catraca); menores de 6 anos e maiores de 60 anos.
Mais informações: http://www.eciencia.usp.br/

Programação*

– 9h00 – Abertura do evento

– 9h05 – Episódio 10: “O Limiar da Eternidade” série Cosmos – legendado
– 10h00 – Palestra: “Extraterrestres: Ficção, Ciência e Polêmica”. Palestrante: Renato Azevedo – site Aumanack
– 11h00 – Palestra “Presente de um mundo distante”. Palestrante: Douglas Camillo-Reis Grupo de Ficção Científica Alpha
– 12h00 – Episódio 9: “A Vida das Estrelas” série Cosmos – legendado
– 13h00 – Palestra “Evolução e Extinção” Palestrante: Átila Oliveira
– 14h10 – Palestra “Buracos negros – vilões do universo?” Palestrante Sílvia Reis – Grupo de Ficção Científica Alpha
-15h20 – Palestra “Os ônibus espaciais e a conquista do espaço – O Fim de uma Era” Palestrante Denis Zoqbi – Clube de Astronomia de São Paulo
– 16h30 – Palestra “A verdade sobre um ponto de vista: As mudanças e os modos como às pessoas interpretam a ciência”. Palestrante Alan Uemura – site Aumanack
– 17h45 – Sorteio
– 18h00 – Encerramento

*programação sujeita a alterações

Sinopses:

O limiar da eternidade: Neste episódio Carl Sagan apresenta diferentes teorias acerca da origem e destino do Universo, desde lendas e crenças à astrofísica. Para tanto, Sagan apresenta noções básicas de físicas, explicando a questão das 3 dimensões e a possível quarta dimensão (tentando exibir o que seria um Tesseract), bem como o efeito Doppler e sua repercussão para o teoria do universo em expansão, descoberto através das observações esmeradas de Milton L. Humason e Edwin Hubble. Ao tratar do big bang, faz uma regressão às explicações cosmológicas do hinduísmo, especialmente a “dança cósmica” do deus Shiva, numa escultura do Império Chola.

Extraterrestres: Ficção, Ciência, e Polêmica: Ao longo de mais de um século, os extraterrestres têm capturado a imaginação da humanidade. Desde a publicação de A Guerra dos Mundos, de H.G. Wells, as pessoas fazem à pergunta: eles existem? Na ficção, produções literárias, televisivas e cinematográficas têm explorado a exaustão as mais variadas facetas da vida extraterrestre. As descobertas científicas parecem indicar que é questão de tempo a comprovação da existência de vida fora da Terra.
Mesmo assim, as polêmicas ainda existem, a exemplo das recentes declarações do astrofísico Stephen Hawking, alertando que a chegada de alienígenas à Terra podem ameaçar nossa espécie. Nesta palestra, será traçado um panorama a respeito das múltiplas formas com que enxergamos aqueles que Carl Sagan
descreveu como “nossos irmãos e irmãs no Cosmos”.

Renato Azevedo é Engenheiro, jornalista e escritor. Autor de “De Roswell a Varginha” (2008). Consultor da revista UFO e colaborador da revista Sci-Fi News, coluna Quem conta um conto…, publicando a série de contos A Lista. Co-editor do site Aumanack. Autor convidado nas antologias Ufo: Contos Não Identificados (2010), e Medieval Scifi (2010). Participante das antologias Histórias Fantásticas Volume 1 (2010), Imaginários 4 (2011), e A Fantástica Literatura Queer (2011). Escreve o blog Escritor com R (http://escritorcomr.blog.uol.com.br).

Presente de um mundo distante: “Como a Humanidade se apresentará perante a Galáxia. Em havendo alguém mais na vastidão do oceano cósmico para compararmos notas, descobertas, alegrias e arrependimentos, de que modo os seres que surgiram e cresceram no pálido ponto azul que chamamos de Terra se expressarão sobre sua existência e suas intenções futuras? Os cientistas da NASA, entre eles o renomado Carl Sagan, buscaram responder a esta indagação, e produziram um dos mais belos trabalhos unindo arte e ciência.”, como o Disco de Ouro da Nave Voyager e a Placa da nave Pioneer desenhada pelo próprio Carl Sagan. Douglas Camillo-Reis é escritor de ficção científica e roteirista do Grupo de Teatro Zona Neutra, a divisão de teatro do Grupo de Ficção Científica Alpha.

A vida das estrelas: Neste episódio, Carl Sagan parte do simples ato de fazer uma torta de maçã para falar de átomos e partículas subatômicas. Muitos dos ingredientes necessários são compostos de elementos químicos, formados durante a vida e morte das estrelas, resultando em gigantes vermelhas e supernovas, que colapsam em anãs brancas, estrelas de nêutrons, pulsares e buracos negros, e produzem vários tipos de fenômenos.

Evolução e Extinção: O universo é extremamente dinâmico e nada nele é eterno. Mesmo as estrelas nascem e morrem. O próprio cosmo teve um início. Não poderia ser diferente com a vida no planeta Terra. Os seres vivos que o habitam nem sempre foram iguais ao que são hoje. Isso se deve em parte ao fato da história da Terra apresentar cinco episódios de extinção em massa, onde a vida literalmente quase acabou. E ela encontrou maneiras de repovoar-se após todos os cinco, por meio da evolução e diversificação dos tipos sobreviventes. Portanto, não seria errado afirmar que as extinções ajudaram (e ajudam) a moldar a evolução da vida em nosso planeta. Contudo, muitos especialistas hoje reconhecem que estamos passando por um sexto episódio de extinção em massa, que não deixa nada a dever a nenhum dos anteriores, e com um grande diferencial: dessa vez a mão humana parece ter sido um agente fundamental. Átila Oliveira é biólogo e educador. Autor do blog Pegadas de Um Dinossauro do Século XXI (atilassauro.blogspot.com) sobre zoologia, paleontologia e evolução biológica, combatendo o criacionismo e outras formas de pseudociência. Colaborador do site Aumanack e Biomania.

Buracos negros – Vilões do Universo? Buracos negros são um dos objetos mais misteriosos do universo, exercendo fascínio e por vezes temor. Hoje a ciência estima que toda galáxia tenha um em seu centro. Mas como surgem e qual seu papel na evolução do Universo? Qual seu raio de ação? Seria possível viajar no tempo através deles, ou criar um microburaco negro em laboratório? Serão abordadas essas e outras questões como a diferença entre buracos negros, buracos brancos e buracos de minhoca, bem como a confiabilidade das informações científicas a que temos acesso.

Sílvia Reis é astrônoma amadora, pedagoga, psicopedagoga e autora de 10 livros na área da educação. Fez a assessoria pedagógica e a co-roteirização da sessão “Uma aventura pelo Sistema Solar” do Planetário Municipal de São Paulo. É integrante do Grupo de Observações Avançadas do Clube de Astronomia de São Paulo, onde é coordenadora. Presidente do Grupo de Ficção Científica Alpha e Grupo de Teatro Zona Neutra: https://alphafiction.wordpress.com/ e http://www.grupozonaneutra.com

Os ônibus espaciais e a conquista do espaço – O Fim de uma Era: Graças ao domínio das tecnologias dos vôos tripulados, a conquista do espaço deu um enorme salto em busca de requinte e sofisticação. Novas plataformas de trabalho como a Estação Espacial Internacional, novos equipamentos e até telescópios espaciais só puderam ser colocados em órbita graças aos vôos dos ônibus espaciais. Veículos que trouxeram luz à ciência, e tragédias que ensinaram o homem a repensar sua história. Denis Zoqbi é radioastrônomo amador e instrutor de Astronomia junto ao Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia – INCT e atualmente coordena os cursos de Iniciação em Astronomia do CASP – Clube de Astronomia de São Paulo.

A verdade sobre um ponto de vista: As mudanças e os modos como às pessoas interpretam a ciência: Durante os séculos a ciência evoluiu. De um mundo cheio de monstros aos monstros tecnológicos. O que ontem era visto como “verdade”, hoje foi derrubado e damos risada de nossa ingenuidade. A ciência e o mundo são desta forma, um “ponto de vista” do nosso conhecimento e cultura em que vivemos. Nesta palestra, queremos mostrar como algumas descobertas cientificas muitas vezes dependem apenas de um ponto de vista. Alan Uemura é jornalista, editor do site Aumanack: http://www.aumanack.com e Nippak Online: http://www.nippak.com.br

Organização: Site Aumanack e Grupo de Ficção Científica Alpha

Apoio: Estação Ciência

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: