Motor para “dobra espacial” é possível e viável

Fonte: ViAki

Físico confirma que motor para “dobra espacial” é possível e viável
Modelos do equipamento já estão sendo testados em miniatura para comprovar a teoria

dobra-espacial-viuaki

Quem é fã de filmes de ficção científica com certeza já deve imaginar no que implica um motor para dobra espacial: com ele, seria possível viajar pelo espaço em velocidades muito maiores que a da luz. Isso se colocarmos tudo em termos bem simples, já que quem realmente seria acelerado é o próprio espaço e não o equipamento que realizaria a viagem. Complexo? Bastante, mas completamente possível também, segundo o físico Harold White.

Ele apresentou um modelo teórico para um motor de dobra possível e viável para ser construído e operado pelo homem. Na verdade, ele realizou diversos cálculos para resolver problemas da sua teoria anterior, que também trabalhava na ordem da aceleração do espaço, mas requeria quantidades realmente astronômicas de energia e massa. Estamos falando do equivalente a massa de Júpiter para criar o dito motor! Agora, com a teoria atualizada, o valor foi reduzido para menos de 800 kg.

Como isso poderia funcionar

De acordo com White, para criar um motor de dobra seria necessário posicionar um objeto esferoide no meio da nave espacial e fazer um anel se movimentar em volta dele de determinada maneira que pudesse contrair e expandir o espaço à sua volta, gerando uma bolha de dobra ao redor da espaçonave. O conceito é praticamente o mesmo — se visto de forma bem simples — que o presente em uma diversidade de obras de ficção científica do cinema, da TV e da literatura.

Físico confirma que motor para

Espaço-tempo seria acelerado para facilitar a viagem espacial (Fonte da imagem: Reprodução/io9)

Essa bolha de dobra seria capaz de movimentar o espaço em volta da nave, como se ela estivesse passando através de algo muito apertado. Assim, o movimento de expansão do espaço atrás da bolha seria o responsável por movimentar a nave a velocidades incríveis.

Fora isso, como a bolha de dobra posicionaria a nave em alguma situação “nas entranhas do espaço”, as leis da relatividade de Einstein não se aplicariam diretamente. Isso porque, diretamente, nada pode superar a velocidade da luz, mas o espaço pode se comprimir e expandir a qualquer velocidade, tornando a prática da dobra praticamente ilimitada.

White explica ainda as limitações práticas do seu modelo anterior, comentando sobre a rigidez do espaço. “O espaço-tempo é bem rígido/firme, então para criar a o efeito de expansão e contração de forma útil a fim de conseguirmos atingir destinos interestelares em uma quantidade de tempo razoável, seria necessário uma grande quantidade de energia”.

Como o motor se tornou viável

Para criar a solução para esse problema, White tentou realizar uma alteração no modelo de motor de Alcubierre, no qual tinha baseado sua primeira ideia. Em volta do objeto esferoide, seria necessário que um anel permanecesse girando. Alcubierre, entretanto, imaginou esse elemento como um cinto, um anel chato. Então, White teve a ideia de melhorar a forma desse elemento, tornando-o mais grosso, quase como uma rosquinha, no formato que aparece no modelo.

Foi com isso que os cálculos da quantidade de energia e massa do motor pularam do tamanho de Júpiter para 800 kg, o equivalente à sonda Voyager 1, que explorou o Sistema Solar nos últimos anos.

Físico confirma que motor para

Modelo alterado por White diminui a necessidade de massa. (Fonte da imagem: Reprodução/io9)

Resultados práticos

Todo esse trabalho feito por White baseado nas ideias de Alcubierre resultaria em velocidades incríveis de dobra. Nada comparado ao que víamos em Star Trek, em que a tripulação da USS Enterprise chegava a seus destinos em questão de segundos. Mas os resultados são bastante aceitáveis, já que poderíamos alcançar a estrela mais próxima do Sol em questão de semanas. Com isso, ir para Marte poderia ser como atravessar a rua em uma nave com um motor baseado nas ideias de White.

Além do mais, a viagem com o motor de White seria bastante precisa. Os ocupantes de uma espaçonave equipada com ele experimentariam uma sensação de movimento, mas a nave na verdade não estaria se movendo. Por conta disso, é possível parar esse efeito e recomeçá-lo com bastante precisão. Ou seja, calculando rotas com exatidão, você poderia alcançar qualquer planeta do nosso Sistema Solar sem acabar sendo sugado pela gravidade, podendo se posicionar em locais apropriados.

Experimentos

Depois de apresentar seu novo modelo de dobra espacial, White agora se ocupa em recriar miniaturas do seu motor a fim de comprovar sua teoria. Para isso, lasers estão sendo utilizados para recriar condições do espaço a fim de testar a capacidade dos protótipos.

White explica ainda que está realizando testes com um anel de capacitores de cerâmica, a fim de simular o efeito do anel em volta do esferoide original. Caso tudo corra bem, a NASA poderá recriar o equipamento em tamanho real em alguns anos, talvez décadas.

Anúncios

O mais interessante Camisa Vermelha de Star Trek no Mundo [Pic]

Nem sempre jogar uma camisa vermelha em Star Trek.
Mas quando eu faço. Eu sobrevivo todo o episódio.
Sério, Jonathan Goldsmith (o homem mais interessante do mundo) atuou como tripulante não identificado no episódio “A manobra carbonite“.

redshirt

Sonda Curiosity, da NASA, encontrou água no solo de Marte

Fonte: Gizmodo

Quando você pensava que a sonda Curiosity estava se escondendo do inverno, a pequena máquina de descobertas nos trouxe uma notícia incrível: ela encontrou água no solo marciano. Cientistas da NASA publicaram cinco artigos na Science detalhando os experimentos que levaram à descoberta. É isso mesmo. Há água em marte.

 

Por mais impressionante que seja, a notícia vem com algumas ressalvas. Não é que a Curiosity tropeçou em um lago perdido sob uma montanha, ou um rio percorrendo por toda uma paisagem. Em vez disso, ela encontrou moléculas de água presas a outros minerais no solo de Marte. Mas foram muitas delas. Os pesquisadores dizem que cerca de 2% do solo marciano é feito de água.

 

“Costumamos pensar em Marte como um lugar seco – encontrar água relativamente simples para ser vista no solo da superfície foi algo animador para mim”, explicou Laurie Leshin, reitora de ciência do Instituto Politécnico Rensselaer, ao The Guardian. Ela também detalhou como a descoberta foi feita. A Curiosity coletou e peneirou uma amostra do solo da superfície antes de colocá-la em um forno. “Nós aquecemos [o solo] a 835C e afastamos todos os voláteis para medi-lo”, ela disse. “Temos uma forma sensível para observar isso e podemos detectar águas e outras coisas que são liberadas.”

 

Claro, esse não é o primeiro sinal de água no planeta vermelho. Em junho, a Curiosity encontrou uma espécie de pedra com um tipo de argila que só poderia ser formada com água, o que fez cientistas acreditarem que Marte um dia foi lar de água corrente. E, claro, há muito eles suspeitam que a água existiu no planeta devido às diferentes formações da paisagem de Marte. De fato, muito acredita-se que a água existiu em abundância em Marte, talvez até da mesma forma que na Terra.

 

A descoberta é importante por diferentes razões, mas especialmente pelo que pode significar para as futuras missões em Marte. “Agora sabemos que pode existir água facilmente acessível e abundante em Marte”, explica Leshin. “Quando enviarmos pessoas, elas podem checar o solo em qualquer lugar na superfície, aquecer um pouco, e conseguir água”. Ela faz parecer que a vida em Marte seja fácil; agora só precisamos descobrir como fazer para superar aquela imensa quantidade de radiação mortal para começar a planejar nossa viagem para lá. [Science via The Guardian]

Jedicon SP 2013 – Novidades!!!

ATENÇÃO! A partir de 14/09/2013, as camisetas ingressos serão vendidas nos seguintes pontos de venda:

Camiseta ingresso R$ 25,00 (quantidade limitada)

ACME Brinquedos (entrega pelo correio – consultar)
Rua Padre Ludovico Zanol, nº 16 – Jaçanã – Tel (11) 2243-8342
segunda à sábado – Das 09hs às 17hs
www.acmebrinquedos.com.br – acme@acmebrinquedos.com.br

Arsenal 51
Av: Brigadeiro Faria Lima, 1795 Sl 24 – Tel (11) 2507-3386
segunda à sábado – Das 09hs às 17hs
www.arsenal51.com.br

Comix Book
Alameda Jaú, 1998 – Cerqueira Cesar – Tel (11) 3088-9116
seg. à sex. das 11hs às 18hs- sáb. e feriados das 10hs às 18hs
www.comixbook.com.br

Poster Jedicon 2013

Teletransporte de “Star Trek” surpreende pessoas em shopping

Blinkbox promove “Into The Darkness” em seu catálogo com pegadinha

Carlos Merigo, de

Teletransporte de “Star Trek” surpreende pessoas em shopping

Teletransporte de “Star Trek” surpreende pessoas em shopping: pegadinha foi feita para promover o streaming de “Star Trek: Além da Escuridão”

O truque é antigo, mas sempre divertido. Para promover o streaming de “Star Trek: Além da Escuridão”, o serviço britânico Blinkbox realizou uma pegadinha de teletransporte em um shopping.

A Blinkbox, aliás, foi a mesma que recentemente instalou um crânio de dragão em uma praia da Inglaterra, promovendo a entrada de “Game of Thrones” em seu catálogo.

Curiosidades que você desconhecia sobre o filme ‘Caça-Fantasmas’

Fonte: Dito pelo Maldito

Se você tem cerca de 30 anos e veio diretamente dos anos 80, assim como eu, também deve ser um fã incondicional dos Caça-Fantasmas. Principalmente dos dois filmes clássicos da franquia que foram exibidos tantas vezes na antiga Sessão da Tarde, que provavelmente todos nós conhecemos o enredo de cor e salteado. 

Sendo assim, pode parecer que qualquer coisa que eu diga sobre o assunto aqui, não será novidade pra ninguém. Mas depois de quase três décadas do lançamento do primeiro filme, garanto que uma pesquisa na internet ainda pode revelar curiosidades espantosas sobre o primeiro filme desse grande sucesso do passado.

Veja abaixo todos os fatos raros que reunimos sobre o filme, e confira como a magia do cinema funcionava bem melhor quando não tínhamos a menor noção do que acontecia por trás das câmeras…

 

1. Chevy Chase e Michael Keaton recusaram o papel de Dr. Peter Venkman (personagem de Bill Murray), e Eddie Murphy não pode interpretar Winston Zeddemore porque filmava ‘Um Tira da Pesada’ no mesmo ano.

 

2. O papel de Bill Murray foi originalmente concebido para John Belushi, mas ele morreu enquanto o roteiro estava sendo escrito.

 

3. Hoje a sede do quartel dos Caça-Fantasmas funciona como uma oficina mecânica. Caso queira dar uma olhada no local pelo Google Street View, ele está localizado na 14 N. Moore St., Manhattan, Nova York.

4. O termo ‘Mochila de Prótons’ nunca foi realmente usado até o meio do segundo filme. Na seqüência, Spengler diz: “Antes de irmos adiante, acho que devemos ligar nossas mochilas de prótons.”
 
5. No roteiro original Dan Aykroyd levou a história para algum lugar no futuro, mas Harold Ramis reescreveu a trama nos tempos modernos. Como resultado, o orçamento da produção que tinha uma projeção de $300 milhões, foi cortado para pouco mais de $30 milhões.
6. O ator porno Ron Jeremy fez uma ponta como figurante no filme, e posteriormente acabou atuando em uma paródia erótica intitulada This Aint Ghosbusters XXX.
7. A cena da prisão foi filmada em uma cadeia de verdade, e Dan Aykroyd saiu de lá com a absoluta certeza de que o edifício era assombrado.
 
8. Para mostrar o tamanho gigantesco de Stay-Puft, o homem de marshmallow, ele originalmente deveria sair da água ao lado da estátua da Liberdade. Mas a cena ficou muito difícil de ser filmada e eles acabaram desistindo da ideia.
9. O fantasma gosmento Géleia foi inserido na história por Dan Aykroyd como uma referência ao espírito de John Belushi. O que explicaria sua feição e estilo glutão.
10. O elenco e a equipe da produção se referiam ao Geleia como “Cabeça de Cebola” por causa do quão ruim cheirava o plástico usado na confecção da fantasia do personagem.
 
11. O marshmallow que explode em William Atherton no fim do filme, são realmente 50 quilos de creme de barbear.
12. Houve uma segunda versão do boneco do fantasma da biblioteca, mas foi rejeitado porque “parecia muito nojento”. Mais tarde a marionete rejeitada seria utilizada como um vampiro do filme ‘A Hora do Espanto’, que foi lançado um ano após Caça-Fantasmas.

Poderá também gos

Estréia Curitiba – Star Trek Além da Escuridão

Dia 14/06 o IMAX Palladium em Curitiba e a Federação dos Planetas Unidos irá realizar a maior estréia de Star Trek Além da Escuridão do país.

Promoção FPU – IMAX
Data: 14 de junho, 2013
Horário: 19:00hs
Local: Sala IMAX – Shopping Palladium
Av. Presidente Kennedy, nº 4121, Bairro: Portão, Curitiba-PR

!cid_48BE0EEC2EA74079A8EC3AF4D7F3F090@gemini